Análise de Expansão – Slave 1 Part 2 Quickbuilds

Com a segunda edição do X-Wing veio também um novo modo de criação de esquadrão, as
Quickbuilds. Em cada expansão e na caixa básica estão cartas com configurações “básicas”
para as naves e pilotos contidos naquela expansão. Essas “builds” vêm com um Threat Level
que funciona como o custo daquela build, os jogadores combinam o Threat Level da partida e
montam seus esquadrões com essas naves de configurações pré-montadas, de forma rápida,
eficaz e sem necessidade de gastar horas pensando num esquadrão (parece uma excelente
opção para os novatos).

A Firespray não é uma exceção e possui Quickbuilds de todos os pilotos da expansão. Então
vamos a eles:

Bounty Hunter com Perceptive Copilot, Seismic Charges e Inertial Dumpeners – Threat Level 3
Com essa configuração você consegue aproveitar o básico do Chassi, ganha ou foco extra ao
fazer ação de foco (tendo um para ataque e um para defesa ou para duas defesas), uma
bomba (clássica dos filmes) e a possibilidade de fazer manobra estacionária. É uma boa opção
se você está limitado no Threat e quer um pouco de versatilidade.

Krassis Trelix com Concussion Missiles Threat Level 3

Uma configuração simples para usar a habilidade da nave. Divertida, mas um “pônei de um
truque só” na minha opinião.

Koshka Frost com Perceptive Copilot – Threat Level 3
Muito interessante se você utilizar outras naves com capacidade de dar Stress ao adversário,
assim você pode re-rolar um dado além de ter 2 focos para otimizar suas defesas e/ou
ataques.

Kath Scarlet com Marauder – Threat Level 3

Com o mínimo Threat Level entre as Firespray é uma opção interessante se você conseguir
colocar mais genéricos com ela, especialmente se conseguir bloquear perseguidores (que
serão atacados com 1 dado a mais no arco traseiro por causa do título). Na verdade é
realmente legal pq é o título da nave dela mesmo no universo Star Wars.

Emon Azzameen com Elusive, Perceptive Copilot, Inertial Dampeners, Proximity Mines, Seismic
Charges e Andrasta – Threat Level 4

Agora chegamos na parte realmente interessante! Com o título de sua nave no Universo Star
Wars, esse pirata pode fazer ótimo uso de sua habilidade com dois Devices (uma bomba e uma
mina) e a ação de reload. Ainda pode fazer manobra estacionária para algum momento de
necessidade e Elusive e Perceptive Copilot para ajudar na defesa (sem perder poder de
ataque). Uma boa pedida para jogadores mais experientes e mesmo para novatos que querem
um bom desafio!

Boba Fett com Lone Wolf, Perceptive Copilot, Inertial Dumpeneners, Seismic Charges e Slave 1
– Threat Level 4

Agora estamos conversando! Além de uma boa eficiência (Com a habilidade do piloto e Lone
Wolf você provavelmente terá alguma re-rolagem no turno e provavelmente os 2 focos do
Copiloto) você ainda tem uma bomba e o título que deixa exatamente a nave que vemos nos
filmes! Não posso deixar de comentar que com Iniciativa 5, Inertial Dumpeners e esse Título
você pode ficar em muitos lugares que seu adversário não espera em um turno
(provavelmente depois de ver a movimentação de boa parte das outras naves!)

Por enquanto é só pessoal, agora peguem suas naves e Quickbuilds e vão dar tiros, a
recompensa não vai ser caçar sozinha!
Que a força esteja com vocês!

Deixe uma resposta