Novidades Chegando

Olá Pilotos, como vão? Aqui é o Lucas Quaresma, o Quaresmão da Massa. E, primeiramente, quero deixar aqui meus votos para que todos tenham tido ótimas festas em dezembro. Agora, vamos torcer para que 2019 seja um ano mais bacana ainda, em relação ao nosso amado X-Wing.

No dia 08 de janeiro de 2019 a Fantasy Flight Games publicou um texto apresentando a terceira onda da segunda edição de nosso “vício”. Acredito que a grande maioria dos fãs e jogadores não curtiu muito os episódios “1”, “2” e “3” da saga Star Wars mas, de alguma forma, desejou pilotar ao lado de Anakin, Kenobi e Grievous. A W3 promete realizar esse desejo. Vamos conhecer as naves do pacote “Servants of Strife Squadron”.

Após séculos de paz, a guerra estourou em uma escala sem precedentes na galáxia Star Wars. Apoiada por poderosas megacorporações como a Federação do Comércio, a Techno Union e Grupo de Varejo, a Aliança Separatista fraturou a República Galáctica, mobilizando milhares de sistemas para sua causa.

No centro dessa ofensiva está General Grievous, comandando infinitas legiões de droides de combate. Coordenados por astutos droides táticos, esses enxames de combatentes Vulture, atacam mundos inocentes, forçando a República a entrar em defensiva. Em breve, poderemos colocar em campo nossos próprios esquadrões de combatentes Separatistas quando o Servants of Strife Squadron Pack for lançado, juntamente com o restante da Wave III no primeiro trimestre de 2019.

Combinando o incrível poder do caça estrelar Belbullab-22 com a tecnologia avançada de dois caças droide classe Vulture, esse pacote é perfeito para começar a construir seus esquadrões da Aliança Separatista, seja você um jogador veterano ou se apenas possui o kit inicial. As naves oferecem estilos de jogo absolutamente únicos, que ajudam a definir os Separatistas como facção confortável em campos de grande número de caças descartáveis, além de naves fortemente armadas em igual medida.

Além das naves individuais, encontraremos muitas oportunidades para afinar os esquadrões nessa expansão. Além das três miniaturas, o pacote contém 14 cartas de nave (cinco para Belbullab-22 e nove para Vulture) além de 48 cartas de melhorias.

Alimente sua ambição

Embora a abordagem dos Separatistas para combate espacial tenha sido definida em grande parte por grandes grupos de ataque de caças baratos de droides, logo atrás deles temos uma nave completamente diferente. Ao contrário dos caças mais descartáveis, a Feethan Ottraw Scalable Montesies projetou a Belbullab-22 com uma mistura sólida de poder de fogo, durabilidade e velocidade, tornando-se a escolha dos melhores pilotos orgânicos dessa facção.

Mesmo que não seja tão agressivo quanto um Vulture, a nave ainda é manobrável, dando a seus pilotos uma gama de opções para se aproximar do combate. Criticamente, além de um dial que permite que acompanhem os droides que, inevitavelmente, o levarão a batalha, um Belbullab-22 pode efetuar um boost ou barrel roll seguido de um foco, abrindo a janela perfeita para um ataque poderoso.

Com essas ferramentas à disposição, os três pilotos únicos estão livres para se aproximar da batalha à sua maneira. Um bom exemplo é o General Grievous, que está sempre na ofensiva e, provavelmente, usará sua habilidade para efetuar um boost ou barrel roll para evitar arcos de tiro inimigos. Nesta condição, além de evitar ataques, poderá rerrolar até dois dados.

Nem todos os pilotos tem o foco singular de Grievous. É bem provável que os pilotos sejam acompanhados em batalha por droides. Um exemplo é o Wat Tambor, que se beneficia rerrolando um dado de ataque para cada nave aliada a Range 1 do alvo, que estiver calculando.

Operar em locais tão próximos pode ser perigoso para um navio sem blindagem como um caça Vulture, mas Tambor pode facilmente incomodar seus inimigos com o piloto genérico visando abastecer sua habilidade ao longo de várias rodadas. E, para uma eficácia ainda maior, sempre é possível equipar Impervium Plating, dando ao piloto duas chances de descartar dano crítico do tipo “Nave”.

Enquanto a maioria dos líderes de vôo separatistas vê seus combatentes droides como bens consumíveis usados para obter vantagem tática, Capitão Sear reconhece o poder dos números superiores. Enquanto uma nave aliada até Range 3 efetua um ataque primário contra um adversário dentro de seu arco bulleye, também pode gastar um calculate token para cancelar uma das evasões do defensor. À frente de um grupo suficientemente grande de combatentes droides, este pode cortar as defesas inimigas ainda mais rapidamente.

Inteligência implacável

Tanto a República quanto a Aliança Separatista foram forçadas a tomar medidas drásticas para acompanhar seu crescente conflito. Enquanto a República se vira com legiões de soldados clone para pilotar seus caças de batalha, os Separatistas adotam uma abordagem decididamente diferente. Em grande parte, evitando pilotos orgânicos, eles confiam na tecnologia inovadora para alcançar seus objetivos.

Além de evitar a perda de pilotos vivos, essa nova abordagem ao combate espacial também oferece outras vantagens. Principalmente, a classe Vulture podem executar ampla gama de manobras que, provavelmente, não seriam possíveis para pilotos orgânicos. A capacidade de efetuar Koiogran e Tallon Roll, os tornam uma adição imprevisível a qualquer esquadrão Separatista.

A introdução de caças droides no jogo também apresenta uma nova maneira de pensar a respeito de como essas naves são controladas. Ao invés de pensar em pilotos únicos, o comportamento das naves classe Vulture é ditado pela programação e conjunto de protocolos. Como resultado, esses guerreiros apresentam as primeiras cartas limitadas de nave 2 e 3.

Até agora, em X-Wing, vimos várias cartas limitadas que impedem os jogadores de incluir mais de uma carta com esse nome em seu esquadrão. Na terceira onda, no entanto, algumas cartas são marcadas com duas e três balas antes de seu nome, indicando que o jogador pode incluir o número indicado de cartas. Como exemplo, um esquadrão pode conter até três cópias do Precise Hunter, dando a capacidade de três naves dispararem com precisão. Da mesma forma, um protótipo de Haor Chall pode reagir rapidamente a uma batalha, contando com duas dessas em sua lista.

Não importa qual programação você escolha para seus droides, eles funcionam melhor como uma unidade interconectada. Todo classe Vulture pode gastar tokens de cálculo de naves amigas a R0 ou 1 para modificar seus resultados de foco nos testes de ataque e defesa, tornando-os ainda mais fatais quando encontrados em grandes enxames. Alguns, como DFS-081 tornam essa habilidade ainda melhor, permitindo que aliados próximos alterem danos críticos para comuns.

Finalmente, esses doides podem não ter a astúcia de pilotos orgânicos individuais, mas talvez nenhuma outra nave esteja melhor preparada para lidar com asteroides ou debris. Isso porque o uso do Grappling Struts permite sobrepor o obstáculo para mudar rapidamente a direção ou criar uma plataforma de tiro útil.

E ai pessoal. O que acharam? Expectativas elevadas para essa nova facção??

Até a próxima, e um abraço do Quaresma

Deixe uma resposta