Balanceamento na Força

Salve pessoal, aqui é o Lucas Quaresma, o Quaresmão da Massa e, hoje, apareço para falar sobre o texto publicado pela Fantasy Flight Games, em 28 de Janeiro de 2019, falando sobre a primeira alteração de pontos na Segunda Edição de nosso amado jogo. O artigo original pode ser acessado através do link.

Então chegamos à primeira atualização de custos dos pontos do jogo. Segundo o artigo, teremos essa atualização semestralmente (em janeiro e julho) buscando restaurar o equilíbrio da coleção com constante mudanças de naves e melhorias. É fato que a primeira edição sofreu com listas em que algumas cartas sobressaíam ante outras. Vamos ver o que o 2.0 nos apresenta, de imediato.

Apesar de ainda não ser uma unanimidade, é possível obter a lista completa de alterações no aplicativo X-Wing Squadron Builder, ou nos PDFs de custo on-line da sessão de suporte, na parte inferior do site de nosso amado jogo.

Muitas Naves Grandes Tiveram Seus Custos Reduzidos

Naves grandes certamente tiveram seu lugar ao sol na primeira edição do X-Wing, registrando grandes vitórias em inúmeros torneios e, até mesmo, dominando partidas competitivas por grandes períodos de tempo (quem se esquece da Decimator, primeira campeã nacional, ou da Lambda, campeã da segunda competição?).

Buscando equilíbrio entre naves pequenas, grandes e as novas naves de base média, vimos alguns erros em algumas ferramentas onde as naves de base maior foram modificadas ou removidas, na segunda edição. Consequentemente, essas estiveram ausentes em níveis de grandes torneios.

Essa atualização tenta resolver essa questão, reduzindo significativamente os custos e uma série de melhorias, beneficiando essas naves.

Ajuste em Custos

Aliança Rebelde: A equipe de desenvolvimento já encontrou um de seus principais objetivos para a segunda edição: fazer com que a X-Wing seja reconsiderada. A verdade é que essa nave tem sido tão popular que muitas outras naves rebeldes foram deixadas de fora do cenário competitivo.

Visando promover uma maior dversidade entre os esquadrões rebeldes, as Y-Wings, B-Wings, A-Wings e K-Wings tiveram uma redução de custo e cada A-Wing recebeu um slot de Talento. A maior redução de pontos, no entanto, foi atribuída à E-Wing, que caiu substancialmente em pontos, permitindo aos jogadores colocarem esses caças avançados de maneira muito mais eficiente. Por outro lado, algumas naves com desempenho ligeiramente superior, como a HWK-290 ou a Sheathipede aumentaram ligeiramente seu custo.

Império Galáctico: O Império começou a Segunda Edição com uma grande variedade de naves e pilotos poderosos para escolher. Curiosamente, algumas naves de pior desempenho na primeira edição acabaram se tornando muito poderosas enquanto outras foram colocadas de lado.

TIE Bombers e TIE Punishers agora foram controladas após uma estreia verdadeiramente explosiva. Enquanto isso, TIE Advanced x1, TIE Advanced v1, Alpha-class e Decimator tiveram redução de custos. Além disso, a TIE Phantom teve seu slot de tripulante alterado para artilheiro, para quebrar certas combinações muito fortes (como Whisper e Vader).

Escória e Vilania: Com um volume de naves grandes maior do que qualquer outra facção, seus pilotos devem encontrar uma série de novas oportunidades interessantes, graças à grande redução de custos. Mais notadamente, a JumpMaster 5000 teve uma redução de custo para buscar um aumento em popularidade. Por outro lado, HWK-290, QuadJumpers e Escape Crafts são um pouco mais caros.

Resistência e Primeira Ordem: Apesar de terem estreado a pouco tempo, já foi observado a necessidade de redução de custo na Silencer, assim como na Resistance Bomber. Além disso, o Blue Squadron Recruit ganhou um Talento de Elite, enquanto o TIE/FO “Null” perdeu essa opção.

Cartas de Upgrade Foram Reavaliadas

As cartas de upgrade tiveram um volume elevado em suas mudanças. Por isso vamos, de imediato, nos ater aos principais.

Primeiramente, melhorias que aumentam em valor com base na iniciativa (como Advanced Sensors e Supernatural Reflexes) tiveram custo elevado de acordo. Na sequência, carta de tripulantes – principalmente os usuários da força – ficaram mais acessíveis e acessíveis, para reforçar ainda mais as naves grandes. Para finalizar, as torres ficaram mais baratas, certas munições ficaram mais caras e o custo de vários talentos foram reajustados.

Atualização Rebelde

Atualização Império

Atualização Escória

Atualização Resistência

Atualização Primeira Ordem

Atualização Genérica

Deixe uma resposta